Após alguns anos sem lançar um smartphone ‘topo de linha’ a LG anunciou o seu mais novo modelo: o LG Wing. O dispositivo traz várias novidades, porém a principal delas é seu display giratório, que ao ser acionado dá acesso à tela secundária do aparelho.

O lançamento foi feito na segunda-feira, 14, e surpreendeu aos usuários da empresa e entusiastas da tecnologia. Confira neste post os motivos que poderão – ou não – consagrar o Wing!


LG WING

É, sem dúvidas, uma revolução para o mercado de smartphones. Ao contrário das demais fabricantes que estão desenvolvendo aparelhos com tela dobrável, a LG optou por lançar um celular com duas telas funcionais, sendo uma delas rotativa em um ângulo de 90°. Veja:

LG Wing
Foto: Reprodução.

A tela secundária possui 3,9 polegadas e resolução 1.240 x 1.080 pixels com tecnologia OLED e permite que o usuário execute duas tarefas simultaneamente. Em um vídeo a empresa exemplificou de forma prática a usabilidade do aparelho (disponível no final deste artigo).

LEIA TAMBÉM:

ESPECIFICAÇÕES

Processador:Qualcomm Snapdragon 765G (2,2 GHz Octa-Core);
GPU:Adreno 618;
Memória RAM:8 GB;
Armazenamento interno:256 GB (expansível até 2 TB);
Câmeras traseiras:
• Principal:
• Grande angular:
• Grande angular:
64 MP + 12 MP + 13 MP;
64 MP | Lente 78° | Abertura f/1.8;
12 MP | Lente 117° | Abertura f/1.9;
13 MP | Lente 120° | Abertura f/2,2;
Câmera frontal:32 MP | Lente 73° | Abertura f/2,0;
Resolução:
• Tela primária:
• Tela secundária:

2,460 x 1,080 – OLED
1.240 x 1.080 pixels – OLED
Bateria:4.000mAh (com carregamento QuickCharge 4.0);

TELA

O software do Wing permite que o usuário defina dois aplicativos para serem executados ao mesmo tempo, como o Uber e o Waze, por exemplo, sendo cada um em um display. A tela principal do dispositivo possui 6,8″ e resolução 2.460 x 1.080, que é superior ao display secundário. Ambas são OLED e com alta fidelidade de cores.

LG Wing
Foto: Reprodução.

Evidentemente é perceptível que o mecanismo retrátil da tela principal sofrerá desgaste devido ao uso com o passar do tempo, contudo, a LG garante que em seus testes o dispositivo suportou até 200.000 aberturas. O quesito da durabilidade sempre é questionado em um lançamento inovador como esse. A Asus também sofreu com a dúvida de seus usuários acerca do Zenfone 6, que trouxe o módulo de câmera flip.

Espera-se que o LG Wing seja um sucesso em todo o mundo, porém a empresa arriscou muito indo na contramão das tendências do mercado. A fabricante ficou mais de 2 anos sem lançar um flagship e, talvez, isso interfira diretamente sobre a confiabilidade dos clientes nesse último lançamento.

CÂMERAS

O módulo de câmeras comporta três sensores: o principal e dois grande angular. Por mais que as câmeras ultrawide possuam configurações distintas, a empresa pecou em adicionar dois sensores semelhantes. Faltou uma câmera macro ou de profundidade para o efeito de desfoque (bokeh).

LG Wing
Foto: Reprodução.

Provavelmente o efeito de profundidade será feito no pós-processamento da imagem, que será realizado pelo processador do dispositivo. A principal desvantagem é a imprecisão no desfoque, algo que seria corrigido com um sensor de profundidade.

PREÇO E LANÇAMENTO

Na Europa o LG Wing foi anunciado por € 1.099, aproximadamente R$ 7.000 na conversão direta e sem cotar os impostos. Por enquanto ainda não há previsão de lançamento no Brasil ou em outros países.

Infelizmente todos os aspectos desse modelo apontar para um possível fracasso de mercado, seja por ir na contramão das demais fabricantes, não apresentar funcionalidades úteis para os usuários ou apresentar a ‘Síndrome da Apple’ e colocar o preço de um aparelho intermediário acima dos R$ 5.000. De duas uma: é um projeto arriscado ou visionário. Eu aposto no primeiro.

VÍDEO DE APRESENTAÇÃO:


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui